Comer ou Não Comer: Eis a Questão!

2021-06-02

Comer ou Não Comer: Eis a Questão!

Vamos olhar de frente para os desafios que vivem os pais nas horas das refeições com os filhos: muitas mães e pais partilham que se sentem desconfortáveis, desafiados e inseguros na gestão deste momento tão central na vida de muitas famílias .

Quando falamos de desafios em família na hora da refeição, a primeira questão que surge frequentemente, é o receio de que a criança não se alimente suficientemente ou suficientemente bem. Será que este é o seu receio? Como poderá geri-lo lembrando que não temos forma - em última análise - de obrigar um filho a comer?

A segunda questão que habitualmente aparece, tem a ver com uma espécie de “jogo de poder” -  ou seja, os pais vêem este momento como um medir de forças: um “deixa ver quem manda aqui”. Talvez, se for esta a sua questão, valha a pena olhar para as vantagens e desvantagens de “abdicar do poder” - até porque, como já referimos, o poder de decidir comer está SEMPRE do lado do seu filho! E pode sempre definir regras e assumir as decisões noutras áreas da vida familiar.

Para fazer este caminho, recordamos que, a cada dia, a cada momento tem, à sua frente, várias alternativas de opções. Haverá opções que lhe parecem tolas e outras que lhe parecem adequadas. Haverá outras que lhe parecem impossíveis de colocar em prática e outras que são o melhor que é capaz de fazer neste momento. No entanto é SEMPRE uma escolha sua o que decide fazer e como decide gerir, pensar e sentir! 

Poderá olhar para as opções seguintes, como um “menu” de onde poderá escolher a cada momento a que lhe parece melhor. E a que lhe parece melhor será, de certeza, a melhor – naquele momento, para si, para a sua família, tendo em conta as suas circunstâncias!  Aqui estão algumas pistas que permitirão ajudá-lo a encontrar novas estratégias e que poderão, aos poucos, trazer mais paz à mesa lá de casa

Estas opções são apenas algumas - complete a lista com as suas ideias - e não são mutuamente exclusivas, sendo que poderá escolher, por exemplo, uma para cada dia da semana e ir experimentando o que funciona e observando como se sente - lembre-se que é muito importante saber escolher as nossas “guerras” – decidir onde queremos investir a energia em cada “fase” da nossa vida, ou a cada dia ou hora, conforme a energia de que dispomos ou a visão do que é realmente importante naquele momento.

Recordo também  que hoje podemos não estar – ainda – prontos para escolher uma opção mas daqui a uns tempos poderá ser a que nos faz mais sentido!

Bom apetite!

VOLTAR

Family Coaching

Somos um projecto que desenvolve a sua actividade na área do coaching aplicado ao contexto familiar. A nossa principal actividade centra-se no coaching parental enquanto metodologia e recurso quer para as famílias quer para todo o ecossistema comunitário e familiar: trabalhamos com Famílias e para a Comunidade.

Contactos

Ângela Coelho

(+351) 917 415 576

angelacoelhomascara@familycoaching.pt

Sandra Belo

(+351) 933 003 405

sandramourabelomascara@familycoaching.pt

Geral

geralmascara@familycoaching.pt