Motivação: o Papel dos Professores e Educadores

2021-09-21

Motivação: o Papel dos Professores e Educadores

O início do ano lectivo traz, a todos os que estão envolvidos na área da educação, um misto de sensações e emoções: quer aos pais, mães e alunos, quer aos professores e educadores que (re)começam com mais ou menos entusiasmo um novo ciclo

Hoje vamos dedicar especial atenção a um tema habitualmente muito querido dos educadores e professores: a motivação. Quase sempre, quando professores e educadores falam de motivação, referem-se à dos seus alunos - ou, mais frequentemente, à falta dela - e do que fazer para a aumentar. 

Quando abordamos um tema ou uma questão no âmbito do coaching, começamos sempre de dentro! Assim, antes de passar para a motivação dos alunos e de descobrir o que depende dos professores ou educadores para a aumentar, queremos convidá-lo a descobrir por onde anda a sua motivação - acreditamos que um professor ou educador motivado é meio caminho andado para descobrir como motivar os alunos!

Deixamos aqui algumas questões que trazem pistas acerca da motivação, e que o convidam a identificar pequenas acções que pode implementar para aumentar a sua motivação. Vamos convidá-lo a olhar para os três pilares da motivação e perceber o que poderá fazer para tornar mais presente cada um deles:

Autonomia - para nos sentirmos motivados e com vontade de encarar os desafios de cada dia, é importantíssimo sentirmos que temos autonomia, que temos o poder de decidir como, o quê e/ou quando fazemos o que precisamos de fazer. Assim, olhe para o seu dia a dia e descubra onde pode aumentar a sua autonomia: tem um programa para dar, no entanto talvez seja possível decidir a ordem em que o apresenta ou de que forma. Colocar o seu cunho pessoal nas tarefas que desempenha, ser criativo nos materiais, nas estratégias, nos recursos que usa, vai ajudá-lo a sentir que está envolvido de forma pessoal nas tarefas que desempenha!

Mestria - este pilar tem a ver com a sensação de saber do que falamos ou conhecer bem o que fazemos! Talvez esteja na hora de identificar os seus talentos! o que sabe fazer bem e quais são as sua capacidades que são reconhecidas pelos outros? Esses talentos e capacidades são o seu tesouro, que mostra as suas conquistas, e a sua aprendizagem, que ajudam a fazer brilhar o que, na sua experiência, lhe permitiu chegar onde está hoje; recorde o que sabe fazer bem e encontre formas ao seu alcance de o tornar mais presente no seu dia-a-dia. Pode ser o seu talento para decorar rapidamente os nomes dos alunos ou a sua capacidade para associar notícias actuais com a matéria que precisa de transmitir!

Sentido - chegamos ao pilar que, muitas vezes, mais se desgasta ao longo do tempo. Aquele que mais poder tem para alimentar a motivação a longo prazo mas que mais nos esquecemos de manter presente! Recorda-se que sentido tem o que faz? Que relação têm as pequenas tarefas de todos os dias com o propósito que identificou quando escolheu fazer o que faz? Que diferença sonhava fazer no (seu) mundo? Que impacto esperava ter na vida das pessoas com quem se cruzasse? Recupere esse propósito e volte a dar sentido às tarefas diárias conectando-as com algo maior e mais importante para si!

Agora repita este exercício para os seus alunos: como poderá levar aos seus alunos a sentirem mais autonomia, mestria e sentido nos momentos que passa com eles e nas actividades que lhes propõe?

 

VOLTAR

Family Coaching

Somos um projecto que desenvolve a sua actividade na área do coaching aplicado ao contexto familiar. A nossa principal actividade centra-se no coaching parental enquanto metodologia e recurso quer para as famílias quer para todo o ecossistema comunitário e familiar: trabalhamos com Famílias e para a Comunidade.

Contactos

Ângela Coelho

(+351) 917 415 576

angelacoelhomascara@familycoaching.pt

Sandra Belo

(+351) 933 003 405

sandramourabelomascara@familycoaching.pt

Geral

geralmascara@familycoaching.pt