Os Melhores Gestores do Mundo: Os Pais!

2021-01-25

Os Melhores Gestores do Mundo: Os Pais!

Muitas vezes dizemos que o pai e a mãe são os gestores da empresa mais valiosa do mundo: a sua família! Há famílias em que a gestão é partilhada, há outras em que é mais solitária. Nós estamos por aqui, para apoiar pais e mães na gestão que querem fazer.

"Muitos dos pais com quem temos trabalhado experimentam uma tensão grande entre a vida familiar e a vida profissional. Este stress resulta, na maioria das vezes, do facto de sentirem que têm que optar por um ou por outro e de que há escolhas certas e erradas. Mais ainda, que a escolha tem um carácter definitivo, ou pelo menos, mais ou menos duradouro. Será isto verdadeiro? 100% verdadeiro?

Sim, é verdade que é necessário escolher. Acontece todos os dias e em todos os momentos da vida – se decide beber café, declina a hipótese do sumo, do chá, da água... (...) No entanto, se conseguir parar e for capaz de olhar para o que de bom lhe oferece o trabalho e a família, agradecer o que tem e ainda clarificar o que quer que aconteça em cada um desses contextos, provavelmente o stress diminuirá." (Family Coaching: 36 desafios para pais extraordinários, pag. 158).

Muitas vezes dizemos que o pai e a mãe são os gestores da empresa mais valiosa do mundo: a sua família! Diariamente desenvolvem acções fundamentais, alcançam objectivos extraordinários, fazem conquistas muito importantes. E por isso mesmo hoje queremos desafiar quem nos lê, a transportar este "olhar da gestão" para dentro de casa. Será que faria sentido haver uma reunião entre o pai-gestor e a mãe-gestora para tomarem decisões relativamente às áreas da sua empresa - família?

Neste momento em que estavamos, outra vez, todos em casa confinados, em que muitas famílias passam 24 horas juntas, dia a após dia, partilhando tempo e espaço, faz-nos tanto sentido convidar os pais a parar e pensar que estilo de gestão vão querer fazer nos próximos tempos. Em vez de reagir, o convite é olhar para trás e revisitar o passado apenas para trazer aprendizagem (não adinata ficar a "remoer" e a atribuir culpas") e reflectir sobre o que no confinamento anterior funcionou; o que se aprendeu e o que ser fazer diferente. Relembrar as conquistas que se fizeram e que se vão querer aproveitar para facilitar a vida familiarno aqui e agora.

No nosso livro, no capítulo 6 falamos de áreas da gestão familiar: controlo orçamental, saúde e segurança, diversão, administração, resolução criativa de problemas, gestão de crises... Será que estas áreas fazem sentido na sua família? O desafio é olhar para cada uma delas e pensar o que querem dizer para os gestores aí de casa. Tendo em consideração a realidade actual, as condiconantes do nosso dia a dia (e na nossa vida, mesmo sem pandemia, há tantas coisas que não controlamos!) vale a pena perguntar qual é parte que depende de si para fazer uma gestão familiar diferente e que o deixará mais tranquilo e feliz e, conseuqentemente contagiará os restantes departamentos da empresa - família.

Há famílias em que a gestão é partilhada, há outras em que é mais solitária. Acreditamos que cada pai e cada mãe que nos lê saberá, como ninguém o que para si e para a sua realidade faz sentido. Nós estamos por aqui, para apoiar pais e mães a decidir que gestão querem fazer para que a sua empresa - família funcione do modo que lhes faz mais sentido, com soluções à distância para quem está agora confinado e fisicamente longe de nós.

 

VOLTAR

Family Coaching

Somos um projecto que desenvolve a sua actividade na área do coaching aplicado ao contexto familiar. A nossa principal actividade centra-se no coaching parental enquanto metodologia e recurso quer para as famílias quer para todo o ecossistema comunitário e familiar: trabalhamos com Famílias e para a Comunidade.

Contactos

Ângela Coelho

(+351) 917 415 576

angelacoelhomascara@familycoaching.pt

Sandra Belo

(+351) 933 003 405

sandramourabelomascara@familycoaching.pt

Geral

geralmascara@familycoaching.pt