Trabalho Com Famílias: Proximidade em Tempos de Lonjura.

2020-05-07

Trabalho Com Famílias: Proximidade em Tempos de Lonjura.

Publicação da Rubrica Parar e Pensar: Profissionais

O médico perguntou “O que sentes?”. E eu respondi: “Sinto lonjuras, doutor. Sofro de distâncias”, Caio Fernando Abreu

Em tempos de isolamento social é um desafio duplo, para quem trabalha em intervenção social, encontrar estratégias para chegar às pessoas. Como fazemos o nosso trabalho com as pessoas quando não podemos chegar junto delas?

Esta tem sido uma das questões que encontramos recentemente, junto dos profissionais que faziam do seu trabalho de todos os dias o contacto directo com as populações. Nomeadamente populações com dificuldades socioeconómicas anteriores, o que acresce à lista de limitações na concretização do seu trabalho.

A nossa reflexão, quando nos deparamos com esta inquietação e angústia por parte dos profissionais, encontra eco numa questão com que nos deparamos, com muita frequência, no trabalho de intervenção em contexto social - costumamos chamar-lhe “compulsão para agir”.  A situação actual, ao “limitar-nos” os movimentos, choca com esta necessidade, que, muitas vezes, vem acompanhada de urgência e imediatismo. De repente, sentimos que não podemos “fazer nada”. E a ansiedade e o receio de não fazer nada, podem dar origem à vontade de fazer qualquer coisa para não estarmos parados. 

E é aqui que queremos convidá-lo a Parar e Pensar (que, aliás, poderá ser um dos motes dos tempos que correm): como poderá a situação actual ser uma oportunidade para pensar - ou repensar - questões prévias à acção? Nos processos de coaching, quando nos cruzamos com a vontade de fazer diferente, é muito comum as pessoas dizerem “mas eu não sei como vou fazer isso!”. Esta verbalização, dizemos nós, tem o ponto de partida no local errado! Só poderemos descobrir como vamos fazer algo quando sabemos o que queremos alcançar, para que queremos que sirva a nossa acção.

Aproveite, então, para Parar e Pensar, no quê e para quê, ANTES do como! Sugerimos que recorra, por exemplo aos critérios de sucesso que identificámos neste texto, e que escolha alguns que quer, e pode, tornar mais presentes neste momento!

E aproveitamos para informar que desenvolvemos uma ferramenta de apoio para profissionais que precisam de ajuda para dar o salto!

Contacte-nos e descubra o que criámos a pensar em si!

VOLTAR

Últimas Publicações

Family Coaching

Somos um projecto que desenvolve a sua actividade na área do coaching aplicado ao contexto familiar. A nossa principal actividade centra-se no coaching parental enquanto metodologia e recurso quer para as famílias quer para todo o ecossistema comunitário e familiar: trabalhamos com Famílias e para a Comunidade.

Contactos

Ângela Coelho

(+351) 917 415 576

angelacoelhomascara@familycoaching.pt

Sandra Belo

(+351) 933 003 405

sandramourabelomascara@familycoaching.pt

Geral

geralmascara@familycoaching.pt